Autarcas da região defendem melhor e mais barato

17/07/2018

Autarcas da região defendem melhor e mais barato transporte ferroviário

Manifesto da Comissão de Utentes da Margem Sul vai ser esta terça-feira entregue ao primeiro-ministro e à Assembleia da República. Colocar um ponto final nas parcerias público-privadas nas concessões à Fertagus e MTS e integrar este serviço ferroviário na CP é o objectivo. Cinco presidentes de câmara da região subscreveram o documento

Vários autarcas da região integram o conjunto de 200 personalidades que subscreveram um manifesto que a Comissão de Utentes de Transportes da Margem Sul vai entregar hoje, 17, ao primeiro-ministro e à Assembleia da República, a defender o fim das parcerias público-privadas (PPP) nas concessões ferroviárias à Fertagus e à Metro Transportes do Sul e a integração deste serviço na CP (Comboios de Portugal).

Os presidentes de câmara Álvaro Amaro (Palmela), Maria das Dores Meira (Setúbal), Joaquim Santos (Seixal), Francisco Jesus (Sesimbra), Rui Garcia (Moita) e os presidentes das assembleias municipais Ana Teresa Vicente (Palmela) e Alfredo Monteiro (Seixal) são apenas alguns dos signatários do documento. A estes juntam-se vários outros autarcas, sobretudo eleitos pela CDU, como vereadores e presidentes de junta nos concelhos de Almada, Palmela, Setúbal, Seixal, Sesimbra e Barreiro, por exemplo.

“Basta de PPP com a FERTAGUS, queremos o serviço integrado na CP!” intitula o manifesto que “defende a reversão das ruinosas parcerias público-privadas nas concessões ferroviárias à Fertagus e MTS e reúne as assinaturas de 200 personalidades que afirmam que se deve aproveitar o fim do contrato de concessão à FERTAGUS, em 2019, para acabar com esta PPP e integrar o serviço na CP”, revela a Comissão de Utentes.

Em nota de Imprensa enviada ao DIÁRIO DA REGIÃO, os utentes lembram que “este é um serviço ferroviário que se efectua com comboios públicos, a circular em linhas públicas e utiliza estações públicas”, mas que “depois é explorado por um operador privado, a Fertagus, que arrecada os lucros”.

“Ganhos para todos”

No manifesto, os subscritores defendem que “com a integração deste serviço ferroviário na CP, ganha o país que vê reduzido o esbulho de recursos públicos em favor dos grupos privados” e ganham ainda não só “os utentes pois passam a pagar menos, a ter acesso ao passe intermodal e ao estacionamento gratuito junto às estações” como também “os trabalhadores da Fertagus que ao serem integrados na CP e na EMEF, melhoram as suas condições de trabalho, rendimentos e direitos”.

O fim da referida PPP e a integração deste serviço na CP “garante um serviço público de qualidade, promove uma maior utilização do transporte público, com a consequente redução do transporte individual, descongestionando a rede viária e a Ponte 25 de Abril, traduzindo-se em enormes benefícios económicos, ambientais e na melhoria da qualidade de vida das populações”.

Os promotores do manifesto deslocam-se hoje à residência oficial do primeiro-ministro, pelas 10 horas, para entregarem o documento. Uma hora mais tarde, procederão à entrega do mesmo ao presidente da Assembleia da República e aos grupos parlamentares.

Entre os signatários encontram-se também outras figuras públicas, ligadas às mais variadas áreas, desde o desporto à cultura: Carlos Manuel, Diamantino Miranda e Luís Boa Morte (ex-futebolistas internacionais A), os cantores e compositores Toy e Jorge Palma, entre outros.

Fonte: Diário da Região de Setúbal

Cerca de 400 Kg de amêijoa japonesa apreendidos em Alcochete

17/07/2018

A GNR, através do Núcleo de Protecção Ambiental do Montijo, apreendeu ontem cerca de 400 quilos de amêijoa japonesa em Alcochete, na sequência de uma operação de fiscalização de actividades relacionadas com a captura e comércio ilegal de bivalves, protecção das espécies e segurança alimentar.

“Os militares detectaram os bivalves em situação irregular durante o transporte, não sendo acompanhados de documentos de registo obrigatório por lei. Além do auto de contra-ordenação por este ilícito, foi também elaborado outro por falta de cartão de mariscador”, revelou a GNR em comunicado, adiantando que “os bivalves, por ainda se encontrarem vivos, foram devolvidos ao seu habitat natural”.

Fonte: Diário da Região de Setúbal

Cerca de meia centena de potenciais investidores visita o Seixal

26/06/2018

Cerca de 50 potenciais investidores estiveram presentes, na passada sexta-feira, no auditório dos Serviços Centrais da Câmara Municipal do Seixal, para conhecer melhor o concelho e as suas potencialidades em termos de investimentos.

A iniciativa surgiu inserida no Fórum do Investimento e do Imobiliário em Portugal, organizada pela Câmara de Comércio Luso-Francesa, e contou com a presença de cidadãos franceses, chineses e portugueses, que puderam assim conhecer melhor o concelho e as suas potencialidades.

Durante o evento foram apresentados vários projectos no âmbito do desenvolvimento económico do município, designadamente na área da restauração, hotelaria e náutica de recreio, como por exemplo, o restaurante do Moinho Novo dos Paulistas, o restaurante do Antigo Terminal Fluvial do Seixal, o restaurante no Parque Ribeirinho de Amora, o Hotel Largo dos Restauradores, o Hotel Mundet, o Hotel Quinta da Trindade, o alojamento no Palacete da Quinta da Fidalga e o Seixal Vila-Hotel.

Joaquim Santos, presidente da Câmara Municipal do Seixal, referiu que já era sabido que “o Seixal estava com uma nova dinâmica em termos sociais e habitacionais. Exemplo é o número de cidadãos estrangeiros que têm vindo a escolher o concelho para residir e que tem vindo a aumentar de ano para ano”.

O autarca acrescentou, ainda, que “o município tem hoje uma atractividade não só interna, para os portugueses, mas também para os estrangeiros, que olham para o concelho como um território com grande qualidade de vida às portas de Lisboa. Os investimentos que temos realizado na requalificação do núcleo urbano antigo do Seixal estão a dar bons resultados, pois todos os dias surgem novos negócios e há cada vez mais interessados em instalar novas actividades comerciais na zona. Esta é uma questão muito importante para o município e para a população, pois aumenta a oferta de emprego e capta mais visitantes”.

A Câmara Municipal do Seixal tem vindo a desenvolver um trabalho de promoção do concelho, situação que tem originado um aumento muito significativo de cidadãos estrangeiros que têm escolhido o Seixal para viver e para investir. O número de turistas que visita o Seixal tem aumentado também ano após ano e, de 2016 para 2017, o número de visitantes aumentou em 65% e o número de dormidas por parte de cidadãos estrangeiros aumentou 51%.

Fonte: Diário da Região de Setúbal

Aplicativos


 Locutor Ao vivo


AutoDJ

Varios

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

01.

Doellinger

02.

Toy

03.

Luisinho de Portugal

04.

Gilberto Amaral

05.

Zé Amaro

Anunciantes